Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018


Réveillon na Orla Moacyr Scliar

Porto Alegre recebeu 2019 com música e queima de fogos de artifícios no novo cartão postal da cidade, a Orla Moacyr Scliar.

O Réveillon de Porto Alegre - Pro Ano Nascer Feliz - reuniu mais de 100 mil pessoas, entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias.

A partir das 19h30 do dia 31/12, o palco recebeu os shows da programação que se estendeu até as 2h da madrugada do dia 1º de janeiro.

Atrações como os sertanejos Marcelo & Vanutti, Kadinho e Banda com pagode e, às 23h, Papas da Língua, o show principal de uma das bandas mais importantes do cenário musical do Rio Grande do Sul.

Patrocinaram o Réveillon de Porto Alegre a Casa Maria Bazar e Utilidades e Marsala Alimentos, com o apoio da Federação Afro Umbandista e Espiritualista e Associação de Gastronomia Itinerante do Rio Grande do Sul.

O evento contou com posto médico e ambulâncias, policiamento, banheiros químicos, food trucks com alimentos e bebidas.

O secretário Luciano Alabarse, responsável pela coordenação do evento, diz que os porto-alegrenses estavam insatisfeitos com a ausência da festa. "Devolver para a cidade a festa da virada reforça o sentimento de renovação que vem junto com o Ano Novo. O nosso empenho é para que seja uma celebração com a cidade", ressalta.

Show pirotécnico - Uma das atrações da festa foi a queima de fogos que teve duração de aproximadamente 10 minutos.

Recanto Místico - Além das atrações musicais, a festa ofereceu ao público o Recanto Místico, com bênçãos e limpeza espiritual.

Também estavam disponíveis passeios de barco, com pagamento de ingresso no Cisne Branco, Bela Catarina, Noiva do Caí e POA 10.

Organização: Prefeitura de Porto Alegre e Secretaria Municipal de Cultura
• • •

• • •

domingo, 16 de dezembro de 2018


Projeto Escola - Auditório Araújo Vianna

Foi realizado no dia 16 de dezembro, domingo, O show "Projeto - Vem aqui que é muito tri!", evento em homenagem à Música do RS, que reuniu no palco do Auditório Araújo Vianna diversos artistas ícones da produção musical gaúcha, reconhecidos no país e exterior.

Entre eles: Hique Gomez, Arthur de Faria, Chico Saratt, Nei Lisboa, Gustavo Finkler, Nelson Coelho de Castro, Cláudio Levitan, Bebeto Alves, Leo Henkin, Marcelo Delacroix, Tiago Flores, Gelson Oliveira, Antonio Villeroy Oficiale, Monica Tomasi e Vitor Ramil além da homenagem ao Nico Nicolaiewsky e Giba Giba, e convidados especiais como Nina Nicolaiewsky, Edu Do Nascimento, Richard Serraria, Zelito Ramos Souza, Renatinho Muller, Pedro Borghetti entre outros.

O evento teve a direção e produção artístico-musical de Marcelo Delacroix, direção de produção executiva de Inês Hübner e apresentação de Roger Lerina.

Foi promovido pela Escola Projeto, que nesta data completou 30 anos de história e que há 18 anos fomenta o projeto encontro com o compositor.
• • •

• • •

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018


Raca Negra - Auditório Araújo Vianna

o Raça Negra foi a primeira banda de samba a tocar numa Rádio FM, com a música "Caroline". Na década de 90, entrou para o Guinness Book com a canção "É Tarde Demais" devido à impressionante marca de mais de 600 execuções em rádios num só dia.

Mas todo este sucesso teve uma pitada de ousadia: a incursão de instrumentos incomuns ao seguimento, como naipes de metais.

A ascensão da banda para outros países veio com oitavo LP, lançado também na Europa, Ásia e África, com as músicas "Preciso Desse Amor" e "É Amor Demais", consagrando um dos maiores fenômenos musicais dos anos 90.

Luiz Carlos sempre teve a batuta nas mãos para reger os passos do Raça Negra e é um ícone entre os nomes que surgiram posteriormente.

Impossível falar em alguém que canta, toca e vive de samba que não tenha bebido da fonte dos Raça Negra.

Com 34 anos de carreira, trazem na bagagem 12 vinis, 28 cds, 4 dvds e mais 36 milhões de discos vendidos.

Para comemorar esta carreira de sucessos, em 2012 gravaram um DVD repleto de convidados especiais.

Já em 2014, surgiram com o projeto "Gigantes do Samba", unindo duas gerações: Raça Negra e Só Pra Contrariar com a formação completa.

Mais um sucesso carimbado que ganhou o Brasil com uma turnê que percorreu todo o território nacional.

Em 2016 o grupo repete o sucesso de 2012 e lança Raça Negra e Amigos II.

A banda voltou a Porto Alegre, lotando o Auditório Araújo Vianna no dia 13/12/2018.

Realização: RRany Produtora

Assessoria de Imprensa
Day Crespo - Criarte Produções
• • •

https://www.instagram.com/p/Bs0FYXyg8fO/


• • •

domingo, 9 de dezembro de 2018


Thays Prado - Festival FIND

Thays Prado canta, compõe e pesquisa nos projetos Cantautoras Latino-Americanas e Cantautoras Brasileiras.

Iniciou na música aos nove anos de idade. Aos 15 anos já ingressava no Coro Sinfônico da Ospa, onde cantou de 2004 a 2007.

Além disso, já participou dos corais da Ufrgs e da Pucrs.

É uma das integrantes do grupo As Tubas ao lado de Clarissa Ferreira, Emily Borghetti, Giovanna Mottini e Morena Bauler. Juntas, elas apresentam uma proposta de incentivar a reflexão sobre a significância do nascer e do tornar-se mulher. O grupo surgiu há pouco tempo, em março de 2018, mas suas integrantes têm larga experiência musical e artística.

Thays Prado foi uma das atrações do FIND, um festival de música que tem por objetivo conectar a cena independente à população da capital gaúcha.

Criado por Saulo Fietz , Poty e João Ortácio, o festival busca a valorização da arte na cidade.

Abrindo espaço para o novo e também unindo diferentes vertentes musicais e pondo à mostra a diversidade sonora da cena local.

Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e de diversos setores culturais independentes, a primeira edição foi realizada no dia 9 de dezembro, no Parque Farroupilha.

Produção: Raffaela Reis - Tambor Produções

Assessoria de imprensa: Patuá Conteúdo Criativo

Apoio: Secretaria da Cultura de Porto Alegre
Sofar Sounds Porto Alegre
Patuá Conteúdo Criativo
• • •
https://www.instagram.com/p/Bs0FYXyg8fO/

• • •


Cecé Pássaro - Festival FIND

Cecé Pássaro é um show autoral e performático do cantor, ator e compositor César Pereira.

A sonoridade inspirada na nova safra da música autoral brasileira e fundamentada na MPB transita entre o sintético e o orgânico, o urbano e o rural, ora contrapondo ora complementando a poesia que aborda liricamente temáticas como sagrado querer, ecofeminismo e outros temas relacionados à experiência pessoal do artista.

Suas canções referenciam e reverenciam a música popular brasileira em sua diversidade de estilos e compõem uma dramaturgia na qual a sua história real e a força encarnada por ele misturam-se, criando um novo espaço onde sonho e realidade concreta se tornam uma coisa só.

Dionisismo pondo fogo nos pensamentos, faz que sejam pássaros.

Cecé foi uma das atrações do FIND, um festival de música que tem por objetivo conectar a cena independente à população da capital gaúcha, sua apresentação ainda teve a participação especial de Paola Kirst.

Criado por Saulo Fietz , Poty e João Ortácio, o festival busca a valorização da arte na cidade.

Abrindo espaço para o novo e também unindo diferentes vertentes musicais e pondo à mostra a diversidade sonora da cena local.

Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e de diversos setores culturais independentes, a primeira edição foi realizada no dia 9 de dezembro, no Parque Farroupilha.

Produção: Raffaela Reis - Tambor Produções

Assessoria de imprensa: Patuá Conteúdo Criativo

Apoio: Secretaria da Cultura de Porto Alegre
Sofar Sounds Porto Alegre
Patuá Conteúdo Criativo
• • •

• • •


Saulo Fietz - Festival FIND

Um dos cantores e compositores mais promissores do atual cenário musical do país.

Saulo tem todas as características que credenciam os grandes artistas: uma voz marcante vinda do coração, composições autenticas e envolventes, um carisma genuíno, uma vibrante performance no palco e uma história de vida ímpar!

Em 2012 foi um dos criadores do coletivo "Escuta – O som do compositor" junto de: Gisele de Santi, Romes Pinheiro, João Ortácio, Rodrigo Panassolo, Ed Lannes, Alexandre Kumpinski, Leo Aprato, Clarissa Mombelli, Alécio, Thiago Ramil e Ian Ramil.

Foi o coletivo de compositores que alavancou a cena autoral de Porto Alegre, chegou a ter mais de 40 cantautores no projeto.

Tiveram edições em Lisboa­POR, Barcelona­ESP e Porto Alegre­BRA.

Em 2013 foi um dos artistas solistas no espetáculo musical "Ts'ui: A ReUnião" Show onde Hique Gomez apresentou Saulo como um talento musical de altíssimo calibre. Realizados no Teatro de Câmara Túlio Piva.

Em Novembro de 2014, lançou quatro canções ao vivo produzidas por Hique Gomez e lançou seu primeiro compacto, o EP "Depois do Estrondo". Com participações de Ian Ramil e Tati Portella.

Foi criador e uma das atrações do FIND, juntamente com  Poty e João Ortácio , um festival de música que tem por objetivo conectar a cena independente à população da capital gaúcha. Abrindo espaço para o novo e também unindo diferentes vertentes musicais e pondo à mostra a diversidade sonora da cena local.

Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e de diversos setores culturais independentes, a primeira edição foi realizada no dia 9 de dezembro, no Parque Farroupilha.

Produção: Raffaela Reis - Tambor

Produções Assessoria de imprensa: Patuá Conteúdo Criativo

Apoio: Secretaria da Cultura de Porto Alegre
Sofar Sounds Porto Alegre
Patuá Conteúdo Criativo
• • •

• • •


Ortácio, Borghetti, Salazar & Poty (OBS&P) - Festival FIND

Com o objetivo de impulsionar suas carreiras individuais em meio às dificuldades impostas pela mercado cultural e, também, com o intuito de fomentar a cena autoral independente, os compositores João Ortácio, Pedro Borghetti, João Salazar e Poty somaram forças para fazer inicialmente uma série de shows pelo estado com a ideia de apresentar as canções que fazem parte de seus trabalhos.

No show em formato meio-acústico, os compositores se acompanham utilizando diversos recursos musicais, explorando vários instrumentos e, ao mesmo tempo, valorizando o protagonismo de cada um.


Com o convívio mais próximo, em meio a shows e produção de materiais audiovisuais, mesmo com diferentes características e influências em suas composições, começaram a surgir parcerias entre todos os integrantes refletindo as experiências e percepções que foram absorvidas e já aplicadas durante a série de shows pelo estado.


Essa união visa conectar a música independente com um público mais abrangente, buscando dar mais visibilidade aos seus novos discos que estão em fase de produção e lançamento.


Foi uma das atrações do FIND, um festival de música que tem por objetivo conectar a cena independente à população da capital gaúcha.


Criado por Saulo Fietz , Poty e João Ortácio, o festival busca a valorização da arte na cidade.


Abrindo espaço para o novo e também unindo diferentes vertentes musicais e pondo à mostra a diversidade sonora da cena local.


Contando com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e de diversos setores culturais independentes, a primeira edição foi realizada no dia 9 de dezembro, no Parque Farroupilha.


Produção: Raffaela Reis - Tambor Produções


Assessoria de imprensa: Patuá Conteúdo Criativo


Apoio: Secretaria da Cultura de Porto Alegre

Sofar Sounds Porto Alegre
Patuá Conteúdo Criativo
• • •

• • •

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018


Nenhum de Nós - Theatro São Pedro

Desde abril em turnê com seu novo trabalho, a banda gaúcha Nenhum de Nós enfim trouxe as músicas do EP Doble Chapa a Porto Alegre.

Após apresentações em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e outras capitais brasileiras, o  grupo apresentou nos dias 06/07/08 e 09 de dezembro uma minitemporada no Theatro São Pedro onde tocou as faixas que falam justamente sobre a integração de culturas e a diversidade de sotaques do Brasil e de seus vizinhos.

Lançado em abril deste ano, Doble Chapa conta com cinco faixas compostas e cantadas ao lado de artistas uruguaios, como Fede Lima e Lucía Ferreira, e trata da integração vivida entre gaúchos e uruguaios na fronteira entre o Estado e o país de língua espanhola.

Uma Vida Ordinária, Fã de Faith No More, O Aprendiz e Despliega aparecem no repertório ao lado dos grandes sucessos dos mais de 30 anos de carreira dos gaúchos.

Com Doble Chapa, reforçamos nossa identidade latino-americana. Somos apaixonados pelo nosso continente e temos especial orgulho de nossa condição de sulistas e gaúchos com acento castelhano. Nossa cultura é o resultado desta mistura, que não conhece fronteiras e que faz com que haja sintonia mesmo falando línguas diferentes – avalia Thedy Corrêa, que nos shows será acompanhado de Veco Marques e Carlos Stein (guitarra e violão), João Vicenti (teclado e acordeão) e Sady Homrich (bateria), além do músico convidado Estevão Camargo (baixo e vocal), Marck B e do Coral Viva La Vida.

Setlist
▪ Sangue Latino
▪ Eu Não Entendo
▪ O Astronauta de Mármore
▪ Uma Vida Ordinária
▪ Dança do Tempo
▪ Despliega
▪ Um Girassol do Cor do Seu Cabelo
▪ Sobre o Tempo
▪ Diga a Ela
▪ Aprendiz
▪ Amanhã ou Depois
▪ Fã de Faith No More
▪ Julho 83
▪ Vou Deixar
▪ Foi Amor
▪ Vai Lembrar
▪ Paz e Amor
▪ Somebody To Love *Bis*
▪ Camila *Bis*

Realização: Lado Inverso Empreendimentos Culturais
• • •

• • •