Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

sábado, 24 de novembro de 2018


Legião Urbana - Auditório Araújo Vianna

Dado e Bonfá tocam os discos "Dois" e "Que País é Esse" da Legião Urbana, em Porto Alegre.

Integrantes da formação original da Legião Urbana, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, voltaram aos palcos para comemorar os 30 anos de lançamento dos discos Dois e Que País é Este.

Os músicos se apresentaram na capital gaúcha no dia 24 de novembro, no Auditório Araújo Vianna.

Dentre as canções que fazem parte desses dois álbuns estão grandes sucessos como Tempo Perdido, Que País é Este, Eduardo e Mônica e Faroeste Cabloco.

Além de Dado na guitarra e Bonfá na bateria, o projeto conta com os vocais de André Frateschi, a guitarra e violão de Lucas Vasconcellos, os teclados e programações de Roberto Polo e o baixo de Mauro Berman - que também assina a direção musical do show.

A iniciativa fecha o ciclo de comemorações de lançamento da trilogia formada pelos três primeiros álbuns da banda, que começou com a turnê "Legião Urbana XXX anos", do homônimo "Legião Urbana", em 2015.

Ao longo de um ano e meio, foram 100 apresentações para mais de 500 mil legionários de diferentes gerações e regiões do país.

André Frateschi - Vocal e Bateria
Dado Villa-Lobos - Violão, Guitarra e Vocal
Lucas Vasconcellos - Violão
Marcelo Bonfá - Bateria e Vocal
Mauro Berman - Baixo
Roberto Polo - Teclado

Setlist
▪ Daniel na Cova dos Leões
▪ Quase Sem Querer
▪ Eu Sei
▪ "Índios"
▪ Acrilic On Canvas
▪ Tédio - Bonfá
▪ Mais do Mesmo
▪ Metrópole
▪ Química
▪ Plantas Embaixo do Aquário
▪ Depois do Começo
▪ Conexão Amazônica - Dado
▪ Música Urbana 2
▪ Eduardo e Mônica - Bonfá
▪ Faroeste Caboclo
▪ Que País é Este
▪ Angra dos Reis
▪ Andrea Dória
▪ Fábrica
▪ Tempo Perdido - Dado
▪ Vento no Litoral - Bonfá *Bis*
▪ Giz - Dado *Bis*
▪ Há Tempos *Bis*
▪ Será *Bis*
▪ Perfeição *Bis*

Realização: RRany Produtora
• • •

• • •

quarta-feira, 21 de novembro de 2018


Lamarquez - Sala Álvaro Moreyra

Show de lançamento do CD O Inimigo Invencível

O primeiro disco é uma conquista difícil para qualquer artista ou banda, pensando nisso a banda Lamarquez promoveu um Crowdfunding para financiar este sonho.

Sonho realizado, superando a meta estimada, a banda realizou no dia 21/11 na Sala Álvaro Moreyra o lançamento de seu CD.

Setlist
▪ Tão Bem
▪ O Inimigo Invencível
▪ Sangue Quente
▪ Bad Romance
▪ O Rochedo
▪ Dirty Little Thing
▪ Assombração
▪ Traga o Sol
▪ The Pretender
▪ A Montanha
▪ Cindy
▪ They Don't Care About Us
▪ Killing In The Name
▪ O Monstro
▪ Heroína
• • •

• • •

terça-feira, 13 de novembro de 2018


MGMT - Auditório Araújo Vianna

O MGMT, um dos nomes mais relevantes do cenário indie mundial, voltou ao Brasil para uma nova turnê por aqui.

O grupo norte-americano, capitaneado pelos geniais Ben Goldwasser e Andrew VanWyngarden, fez a sua estreia em Porto Alegre, no dia 13 de novembro, com um show no palco do Auditório Araújo Vianna.

Além de mostrar as suas canções mais recentes, retiradas do recém-lançado "Little Dark Age", a banda levou os fãs gaúchos em uma viagem através do seu synthpop, extremamente dançante e cheio de elementos psicodélicos.

Ben Goldwasser e Andrew VanWyngarden formaram o MGMT em 2002, no bairro do Brooklyn, em Nova York, quando ainda eram estudantes da Wesleyan University.

A dupla, que inicialmente era conhecida no cenário underground apenas como Management, chamou a atenção da gravadora Cantora Records, por causa das suas apresentações densas e cheias de personalidade, que consistiam basicamente no uso de sintetizadores e vocais pré-gravados.

Incansável e com o status de umas das principais referências do indie mundial, o MGMT lançou o autointitulado "MGMT", em 2013, e o aclamado "Little Dark Age", em fevereiro de 2018.

O mais recente trabalho de estúdio da banda, que voltou a figurar na segunda posição das paradas da Billboard, está sendo considerado um retorno de Goldwasser e VanWyngarden à sonoridade mais synthpop e dançante das suas primeiras experiências sonoras.

Setlist
▪ Alien Days
▪ Little Dark Age
▪ Time to Pretend
▪ When You Die
▪ Flash Delirium
▪ Swotm
▪ Weekend Wars
▪ James
▪ Siberian Breaks
▪ Kids
▪ Me & Michael
▪ Electric Feel
▪ TSLAMP *Bis*
▪ Of Moons Birds & Monsters *Bis*
▪ Congratulations *Bis*

Realização: Opinião Produtora e Queremos
• • •

• • •

sábado, 10 de novembro de 2018


Fábio Jr. - Auditório Araújo Vianna

O cantor Fábio Jr. voltou a se apresentar em Porto Alegre, no dia 10 de novembro, no Auditório Araújo Vianna.

Com mais de 30 trabalhos em sua discografia, Fábio Jr. apresentarou os grandes sucessos da carreira como Só Você, O Que Que Há, Alma Gêmea e Caça e Caçador.

Um dos grandes destaques desta turnê é o cenário, que é revelado através da iluminação, contando com cortinas, colunas e elementos que valorizam a estética de forma simples e sofisticada, sem a utilização de recursos audiovisuais.

O conceito da proposta, criativa e versátil, permite que Fábio Jr. utilize a mesma cenografia em todos os shows, independente do tamanho, mantendo a dinâmica e beleza do espetáculo com a utilização da luz que permite um resultado visualmente impactante, tornando-se um atrativo a parte.

Além disso, as novidades ficam por conta do momento especial acústico e da escolha do repertório, que contou com a participação do público na escolha do set list, por meio de uma enquete com uma lista de músicas que Fábio Jr. disponibilizou em suas redes sociais.

A banda que o acompanha nesta maratona de shows é formada por Amador Longhini no teclado e direção musical, Álvaro Gonçalves na guitarra e violão, Bruno Coppini no baixo, Gustavo Barros na guitarra, Pepa D'Elia na bateria e Aldo Gouveia e Ellis Negress nos vocais.

O show contou ainda com uma participação especial de seu filho Fiuk que estava em Porto Alegre se apresentando em outro evento e foi fazer uma participação especial no show de seu Pai.

Realização: RRany Produtora
• • •

• • •

sexta-feira, 9 de novembro de 2018


Alexandre Pires - Auditório Araújo Vianna

Alexandre Pires voltou a Porto Alegre com seu novo projeto O Baile do Nêgo Véio.

O show ocorreu no Auditório Araújo Vianna, dia 9 de novembro, sexta-feira.

Uma mistura de ritmos reunindo os maiores sucessos dos anos 90.

O show que relembra os HIT's daquela época foi uma grande festa, com mais de 3 horas de duração.

Realização: RRany Produtora
• • •

• • •

domingo, 4 de novembro de 2018


Cavalera Conspiracy - Bar Opinião

Max & Iggor Cavalera 89/91 Era Special Set List - celebrando os discos Beneath the Remains e Arise

Os irmãos Max e Iggor Cavalera, membros originais e fundadores da lenda do metal brasileiro Sepultura, voltam ao seu país de origem em 2018.

A nova gira em solo nacional é para celebrar dois clássicos da banda que os projetou entre os grandes nomes do som pesado mundial: Beneath the Remains de 1989 e Arise de 1991.

Para executar o repertório só de composições desses dois discos, eles têm a companhia do guitarrista Marc Rizzo, Soulfly/Cavalera Conspiracy.

Desde que começaram a se envolver com música, há mais de 30 anos, os irmãos Cavalera conquistaram, cada um, sucesso inimaginável na indústria do entretenimento.

Os trabalhos atuais de Max — seja com o Soufly, Cavalera Conspiracy ou Killer Be Killed, bem como o projeto MIXHELL de Iggor, comprovam a atemporalidade do legado da família.

Não é exagero dizer que Beneath the Remains e Arise mudaram por completo o panorama do metal nas Américas do Sul e Central, moldando, nutrindo e solidificando o cenário metálico que permanece até hoje como um dos mais fortes do globo.

Setlist
▪ Beneath The Remains
▪ Inner Self
▪ Stronger Than Hate
▪ Mass Hypnosis
▪ Slaves of Pain
▪ Primitive Future
▪ Arise
▪ Dead Embrionic Cells
▪ Desperate Cry
▪ Altered State
▪ Infected Voice
▪ Orgasmatron
▪ Ace of Spades
▪ Troops of Doom
▪ Refuse/Resist
▪ Roots
▪ Beneath/Arise

Realização: Abstratti Produtora
• • •

• • •


Diokane - Bar Opinião

A Diokane - assim como a expressão em italiano, que deu origem ao nome da banda - expressa descontentamentos.

Pessoais e com situações mundanas do cotidiano.

Ainda que seja uma forma positiva de extravasar, serve como gatilho para detonar os demônios em forma de música e tentar manter a sanidade na vida real.

Sonoramente, é um crossover roquístico de derivados do punk/hardcore e do metal feito por gente tosca.

É o Cão que late para perturbar seu santo sossego.

A banda foi escalada pra fazer a abertura do show dos Max e Iggor Cavalera no último dia 04/11 no Bar Opinião.

Eduardo Rutkowski - Baixo
Gabriel "Caverna" - Bateria
Homero Pivotto Jr. - Vocal
Rafael Giovanoli - Guitarra

Realização: Abstratti Produtora
• • •

• • •