Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

sábado, 13 de outubro de 2018


O Teatro Mágico - Bar Opinião

A trupe que uniu referências do pop e da MPB para criar um espetáculo que conquistou o Brasil retornou a Porto Alegre em novo ato após três anos.

É O Teatro Mágico, que se apresentou dia 13 de outubro, sábado, no Opinião.

O criador e compositor da companhia, Fernando Anitelli, retoma o formato completo e grandioso da apresentação para mostrar um show de música, poesia, malabarismos e interação com a plateia.

O Teatro Mágico surgiu em Osasco, no ano de 2003, a ideia sempre foi misturar música, poesia e circo com uma gestão inovadora feita de maneira independente.

E é por isso que um dos feitos do grupo é ter estimulado o debate da “música livre” no universo pop.

Após 15 anos, o projeto traz em sua história sete CDs, três DVDs e mais de dois milhões de álbuns vendidos.

Além disso, são milhares de views em redes sociais, vários sucessos em novelas, filmes e uma infinidade de histórias em parceria com o público para narrar.

Para a única apresentação em Porto Alegre, O Teatro Mágico conta com a participação de artistas que já passaram pela trupe em algum momento de sua trajetória: Zeca Loureiro (guitarra), Rafael dos Santos (bateria), Emerson Marciano (contra-baixo), Nô Stopa (voz e performance), Maria Fernanda Leal (violino), Andrea Barbour (dança aérea e performance) e Matheus Bonassa (palhaço/circo). Números de malabares, improvisos cômicos, tecido, lira, trapézio, aparelhos inusitados e uma interação gigante com a plateia fazem parte do espetáculo.

O espetáculo celebra os 15 anos de uma caminhada vitoriosa e criativa, seja nas redes sociais, nas ruas, nos palcos e na relação com a audiência.

Realização: Abstratti Produtora
• • •

• • •