Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

sábado, 25 de novembro de 2017


Alceu Valença - Auditório Araújo Vianna

Alceu Valença apresentou no dia 25 de novembro no Auditório Araújo Vianna seu novo show Anjo de Fogo, onde explora as diferentes vertentes de sua música, num espetáculo intenso, pesado e visceral.

Entre cabeleiras vermelhas e raios de sol lilás, Alceu trafega por seu repertório dos anos 70, em temas repletos de metáforas e psicodelia como "Agalopado", "Papagaio do Futuro", "Espelho Cristalino" e "Táxi Lunar", "Anjo de Fogo".

Do artista consagrado, repleto de sucessos populares, a partir dos anos 80 e 90, estão "Tropicana", "Anunciação", "Como dois animais", "Belle de Jour", "Marim dos Caetés".

Do século XXI, e para além dele, a "Embolada do Tempo" ecoa seu petardo rítmico em versos demolidores. Outras vertentes são contempladas: o forró, o xote e o baião aparecem em canções autorais - "Cabelo no Pente", "Coração Bobo" – e clássicos de Luiz Gonzaga, como "Xote das Meninas" e "Sabiá".

O frevo levanta a massa em "Olinda, Quero Cantar", "Diabo Louro", "Bicho Maluco Beleza".

Como o vento que varre a cidade, o "Anjo de Fogo" de Alceu espana a poeira da caretice, vai ao cinema e cospe no chão!

• • •

• • •