Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

sábado, 23 de setembro de 2017


Lara Rossato - Festival Rock Gaúcho - Edição 2017

Fazer carreira na música era uma realidade distante para a menina criada em uma área rural. Ainda assim, Lara Rossato subiu ao palco pela primeira vez aos 14 anos. E decidiu que ali seria o seu lugar. 

Vinda de uma família que vive no interior de Dom Pedrito, seus primeiros anos escolares foram em uma escola na fronteira com o Uruguay, perto da casa de sua mãe, onde ela ouvia no rádio as canções que tocavam naquele pais. Quando se mudou para a área urbana de Dom Pedrito, fez amigos ligados à música e subiu ao palco a convite deles para cantar algumas canções.


Depois de se apresentar em diversos lugares em sua cidade natal e região, Lara mudou-se para Pelotas em 2005 para dar continuidade à sua carreira como cantora e compositora, participando de várias bandas e lançando seu primeiro disco demo intitulado "Doce", um disco com influências mais roqueiras, com todas as letras e músicas de sua autoria. Ela comenta que esse disco foi feito com poucos recursos já que na época também trabalhava e cursava Biologia na universidade. 


Em 2012, mudou-se para Porto Alegre sem conhecer ninguém na capital, mas disposta a investir ainda mais na carreira musical. Enquanto escrevia para seu segundo disco, entrou para o coletivo de compositores ESCUTA - O SOM DO COMPOSITOR (um movimento de artistas que fomentava a cena autoral da cidade). Nesse ano, Lara fez seus primeiros shows na cidade enquanto trabalhava compondo e gravando para produtoras de áudio.


Em setembro de 2014 "Mesa para Dois" foi lançado na web, com uma sonoridade pop e arranjos orgânicos. Produzido por Guilherme Almeida em São Paulo, o disco gerou ótimas críticas na imprensa, mostrando não mais aquela menina do primeiro álbum "Doce" e sim uma mulher com suas metas bem definidas.


"...O álbum mostra uma cantora e compositora de personalidade forte, com letras bem construídas, quase todas de temática romântica. Uma das revelações do pop gaúcho..." – Juarez Fonseca, colunista do jornal Zero Hora.


O disco chegou carregado de letras ligadas à relacionamentos e experiências que viveu. Em entrevistas ela deixa claro que nunca escreveria sobre nada que não pudesse sentir e explica o nome do disco sendo uma conversa íntima e sincera entre duas pessoas. Sua voz também teve um grande destaque. 


"...Uma linda e multifacetada voz, que pode sussurrar e ser potente com a mesma consistência, sem falar da capacidade de compor coisas simples e belas que soam quase despretensiosas e por isso mesmo tem personalidade e beleza..." - Fabrício Simões, fotógrafo - Velvet Studio.


"...Mesa para Dois valoriza a amplitude da voz de Lara, sem deixar que isso se traduza em mera demonstração de técnica vocal, e capricha nos arranjos. São canções com aquela vocação para serem repetidas sem cansar o ouvinte, pelo contrário, tendem a viciá-lo mais e mais na audição, encantando da faxineira ao gerente da empresa. Música pop feita por quem ouviu muito o estilo, e se dedicou a aprender a fazê-lo..." – Leo Vinhas, jornalista e escritor no blog Scream and Yell.


O disco "Mesa para Dois" ganhou menção honrosa pelo site Embrulhador no Prêmio "Melhores da Música Brasileira" em 2015 e em outubro do mesmo ano Lara foi escolhida para representar o Brasil no segundo maior festival da América Latina: o Festival Internacional de la canción de Punta del Este, no Uruguay. Na volta para o Brasil, Lara foi convidada para fazer parte do selo Loop Discos, após Edu Santos (produtor e sócio fundador do selo) assistir um vídeo seu na internet, interpretando "Julho de 2013", single do seu novo disco.


Em fevereiro de 2016, ela tocou com sua banda no Bar Opinião em Porto Alegre junto com colegas do selo Loop Discos. Após esse show Lara recebeu vários convites, sendo um deles para tocar no Sunset Beira Rio antes do show da banda Rolling Stones. Ainda nesse mesmo ano Lara foi destaque no conceituado caderno "Donna" do jornal Zero Hora, sendo indicada como uma das representantes das novas vozes do Rio Grande do sul junto com outras quatro cantoras. 


Como compositora, Lara Rossato se destaca assinando músicas que fez para vídeos promocionais de grandes marcas nacionais.

• • •

• • •