Google+
Facebook
Twitter
Linkedin
Instagram
Flickr

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Show de Mano Brown e Criolo em Porto Alegre terá abertura do Grupo Rafuagi e do Dj Dick Jay

O show de Mano Brown e Criolo juntos em Porto Alegre terá duas atrações de abertura. Antes dos gigantes do rap nacional subirem ao palco do Pepsi On Stage no dia 10 de agosto, o DJ gaúcho Dick Jay tocará um set especial para o público, a partir das 20h; e, em seguida, às 22h, o Rafuagi, considerado o principal grupo de rap do Rio Grande do Sul, assumirá os microfones.


A apresentação de Mano Brown e Criolo juntos iniciará à 23h30, reunindo sucessos e clássicos da carreira de ambos, assim como faixas inéditas e revisitando passagens marcantes dos Racionais MCs. Os ingressos para a apresentação na capital gaúcha já estão no segundo lote com preços que variam de R$ 60 a R$ 155. As entradas estão à venda no site www.livepass.com.br e no Pier X do Shopping Iguatemi, local onde não há cobrança de taxa de conveniência.

Formado por Rafa, Ricky e DJ Croko, o Rafuagi nasceu há 14 anos, em Esteio. Em seu currículo, tem dois prêmios Hutúz (2006 e 2009), a honraria mais importante do hip hop da América Latina com o EP Todos Iguais e já gravou com artistas dos mais diversos nomes da música nacional e internacional, como o uruguaio Daniel Drexler e nomes consagrados da música brasileira, como Emicida, MV Bill, Rapadura e a banda Bidê ou Balde, além de dividir palco em grandes festivais pelo mundo com Ghostface Killah e o grupo Wu-tang Clan (EUA), Killa Priest (EUA), Gavlyn (EUA), AFU-RA (EUA), Mos Def (EUA), Caetano Veloso, Racionais Mc’s, entre outros.

O primeiro disco de estúdio dos rappers, Esse é Meu Lugar, com 15 faixas, teve participações especiais de Rappin Hood, Nitro Di e SNJ, e foi lançado em 2012. Logo, o grupo faturou o prêmio Rap Longa Vida do Rap Gaúcho, na categoria Melhor Disco e recebeu indicação para o Prêmio Açorianos. Depois de conquistar o Rio Grande do Sul e mostrar ao Brasil que o rap gaúcho é de qualidade, o Rafuagi mostrou força na América do Sul e Europa, lançando seu segundo disco, intitulado Parte do Ciclo, compondo e participando dos maiores eventos de hip hop da atualidade, como o Hip Hop Al Parque na Colombia e Paris Hip Hop na França, além de apresentações por diversos estados do Brasil, no Uruguai, Argentina, Portugal e Espanha

SERVIÇO

CRIOLO E MANO BROWN

Dia 10 de agosto, sexta-feira

Pepsi On Stage (Av. Severo Dullius, 1995 - Anchieta)

HORÁRIOS

20h - DJ Dick Jay

22h - Rafuagi

23h30 - Criolo e Mano Brown

*Para adquirir o ingresso solidário com desconto (em até 4 ingressos por CPF), é necessário levar 1kg de alimento não perecível na entrada do evento.

PONTOS DE VENDA

- www.livepass.com.br (com taxa de conveniência)

Formas de pagamento: Visa, Mastercard, Diners, Amex e ELO.

- Pier X, no Shopping Iguatemi (sem taxa de conveniência)

Endereço: Av. João Wallig, 1800/2264 - Acesso D - Porto Alegre. Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 12h às 15h e das 16h às 20h. Formas de pagamento: Dinheiro, Visa, Mastercard, Diners, Amex, ELO, Aura, Maestro e Visa Electron.

Opções de parcelamento: em até 3x sem juros nos cartões de crédito.

INGRESSOS

LOTE 1 – ESGOTADO

SetorInteiroMeia-entradaIngresso solidário*
Pista – ESGOTADOR$ 100,00R$ 50,00R$ 55,00
Mezanino – ESGOTADOR$ 140,00R$ 70,00R$ 75,00

LOTE 2

SetorInteiroMeia-entradaIngresso solidário*
PistaR$ 120,00R$ 60,00R$ 65,00
MezaninoR$ 155,00R$ 77,50R$ 82,50

LOTE 3

SetorInteiroMeia-entradaIngresso solidário*
PistaR$ 150,00R$ 75,00R$ 80,00
MezaninoR$ 170,00R$ 85,00R$ 90,00

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Semana do Rock Sesc Centro 2018 - 6 Anos

Semana do Rock SescCentro 2018 - comemora 6 anos, projeto que celebra o Dia Internacional do Rock and Roll, ritmo que se reinventa através de décadas.

Entre as atrações que foram preparadas pra este ano está a Banda Camisa de Vênus com o show Toca Raul. 

domingo, 27 de maio de 2018

Shana Müller apresenta o show Canto de América no Centro Histórico Cultural Santa Casa

A cantora Shana Müller apresenta o show "Canto de América", no dia 20 de junho. O espetáculo acontece no Teatro do Centro Histórico e Cultural da Santa Casa.

O último show da cantora em Porto Alegre foi no lançamento do DVD "Canto do Interior", em 2016, no Theatro São Pedro, trabalho que lhe rendeu o Prêmio Açorianos 2018 como intérprete regional.

Com 14 anos de carreira, a cantora tem maturidade artística para realizar um espetáculo todo em espanhol interpretando e imprimindo sua personalidade em canções gravadas por grandes referências de sua carreira, com a cantora argentina Mercedes Sosa.

A escolha do repertório foi feita a partir de músicas que já estão nas canjas dos seus shows e outras que canta com amigos, mas não foram incluídas como músicas de trabalho, já que Shana sempre fez questão de consolidar suas interpretações em português.

As influências artísticas de ícones como Teresa Parodi, Violeta Parra, Horacio Guarany, entre outros, foram decisivas na construção artística da cantora que trará ao palco ritmos como bolero, tango, milonga, chacarera e zamba, que refletem a presença da misigenação dos povos espanhol e indígena na música da América.

Shana vai dividir o palco com os músicos Felipe Barreto, violonista parceiro de estrada da cantora, o acordeonista Samuca, o pianista Cristian Sperandir e, Giovani Berti, percussionista com grande conhecimento em diferentes ritmos.

Sua trajetória é marcada pela proximidade com a música latina, desde a influência dos pais, que sempre apreciaram o ritmo, desde Trio Los Panchos a Pablo Milanés, ao momento marcante onde dividiu o palco com Mercedes Sosa, em Cachoeira do Sul-RS e no último show da cantora argentina em Porto Alegre-RS.

Pelas mãos do colega e amigo Luiz Carlos Borges, com quem fez show em Buenos Aires, conheceu artistas dos países vizinhos e, há 10 anos participa da "Fiesta Nacional do Chamamé", em Corrientes, também na Argentina.

A aproximação aconteceu em oportunidades como na participação do músico Mariano Cantero na percussão do disco "Brinco de Princesa", de 2010 e, também, na abertura do show da cantora Soledad, em Porto Alegre, em 2015. Com o uruguaio Jorge Drexler, Shana mantém uma relação musical bem intensa tanto que ele já gravou uma música composta pela cantora.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

British Lion, novo projeto de Steve Harris, chega pela primeira vez ao Brasil

O músico e compositor inglês Steve Harris, lendário idealizador, fundador, baixista, principal compositor, tecladista e co-produtor de uma das maiores banda de heavy metal da história, o Iron Maiden, estará de volta ao Brasil em novembro – dessa vez para a estreia nos palcos nacionais de sua nova empreitada, a banda British Lion.


Lançada em 2012 com um álbum que esteve nos charts de rock de vários países, o grupo está realizando este ano sua primeira turnê mundial fora do continente europeu e será visto em três apresentações no país – eles estarão no Rio de Janeiro, em 9 de novembro, no Circo Voador; dia 10 de novembro em São Paulo, no Cine Jóia; e dia 13 de novembro em Porto Alegre no Bar Opinião. Na capital gaúcha, o show tem realização da BMoov.

Enquanto se apresenta nesta turnê internacional, o British Lion prepara o seu segundo álbum de estúdio, previsto para ser lançado mundialmente ainda este ano. A banda é formada por Steve Harris no baixo, Richard Taylor nos vocais, David Hawkins na guitarra e no teclado, Grahame Leslie na guitarra e Simon Dawson na bateria.

“Uma banda confiante e incendiária, que traz à mente o hard rock clássico do UFO a Thin Lizzy e Uriah Heep, mas que têm um frescor que pertence à era moderna” declarou a revista inglesa Metal Hammer sobre as primeiras apresentações do grupo na Inglaterra.

Os ingressos para as apresentações brasileiras do British Lion estarão disponíveis a partir de 4 de junho. Para o show em Porto Alegre, as entradas estarão à venda no site www.livepass.com.br. Os preços são de R$ 200 no valor inteiro, R$ 100 para quem tem direito à meia entrada e R$ 110 para quem optar pelo ingresso solidário, doando 1kg de alimento não perecível na entrada do evento.

Ummagumma The Brazilian Pink Floyd volta à Porto Alegre dia 9 de Junho trazendo nova turnê

No auge de sua forma, o grupo Ummagumma The Brazilian Pink Floyd apresenta em Porto Alegre a nova turnê Through The Years, comemorando e revisitando mais de cinco décadas de história do Pink Floyd, num show emocionante e envolvente. O espetáculo chega a capital gaúcha dia 9 de junho, às 21h, para única apresentação no Auditório Araújo Vianna. Os ingressos estão à venda em www.uhuu.com e na Bilheteria do Teatro do Bourbon Country, com preços que variam de R$ 70 a R$ 140 no valor inteiro e de R$ 35 a R$ 70 para quem tem desconto de meia-entrada


No repertório do show estão todas as fases do Pink Floyd, desde o começo psicodélico e irreverente com Syd Barret à frente da banda até a entrada de David Gilmour, passando pelo desenvolvimento das composições às trilhas sonoras, a busca pelo novo som e a nova direção do Pink Floyd. Os grandes clássicos dos álbuns consagrados e também surpresas para fãs exigentes compõem a apresentação já conhecida pelo público pela excelência da performance musical combinada a um primoroso espetáculo de audiovisual.

Formada em Três Pontas, Sul de Minas, a Ummagumma The Brazilian Pink Floyd é liderada por Bruno Morais, guitarrista, vocalista e diretor musical do projeto. Na estrada há 16 anos, os mineiros já se apresentaram nas mais renomadas casas do país, reconhecidos nacionalmente pela qualidade de suas produções. A banda se apresentou pela primeira vez em Porto Alegre em 2015 e esteve ano passado no Araújo Vianna com a participação especial de Lorelei McBroom, ex backing vocal do Pink Floyd. Este ano, o destaque vai para a imersão nas primeiras fases da banda, antes de Dark Side Of The Moon, além da exímia execução dos clássicos do quarteto inglês. Além de Bruno Morais na guitarra, vocais e violões, o show na capital gaúcha também contará com Felipe Batiston (teclados e vocais),  Otávio Pieve (bateria), Marquinho Wayne (baixo e vocais), Oswaldo Duarte (saxofone e backing vocal), Bill Mates (guitarra) e Isabela Morais (backing vocal).

Pedro Miranda faz show no Santander Cultural

A programação musical de maio no Santander Cultural traz Pedro Miranda, dia 26, às 17h, um dos grandes cantores da nova geração da música brasileira, considerado um verdadeiro "bamba" do samba e choro segundo a crítica especializada. Seu último disco recebeu elogios de Caetano Veloso, como "trabalho de folêgo" e "disco de um grande artista". A entrada é franca com distribuição de senhas a partir das 14h.


Artista carioca, cantor, percussionista, ator, compositor, começou a cantar em rodas de samba nos anos 90, em meio a revitalização da Lapa e, dali, se projetou no cenário nacional e internacional. É craque nas divisões rítmicas com seu pandeiro, além de ter um humor cheio de verve, reflexos rápidos e sorriso aberto. Está em pleno lançamento do trabalho "Samba original", seu terceiro disco solo.

O artista faz parte do Grupo Semente, Samba de Fato, Cordão do Boitatá, integra o elenco de "Sassaricando – e o Rio inventou a marchinha" e do musical infantil "Farra dos Brinquedos". Dirigiu espetáculos e participou de vários shows e discos coletivos. Miranda, que além de cantar toca pandeiro, divide o palco da Praça dos Cofres da unidade de cultura do Santander em Porto Alegre com Luis Barcelos (bandolim e cavaquinho), Mathias Pinto (violão 7 cordas), Guilherme Sanches (pandeiro) e Luciano Krolow (flauta e sax tenor).

Rock de Galpão no Theatro São Pedro

O Rock de Galpão completou 10 anos de estrada em 2017. Na ocasião, o grupo saiu em turnê pela Argentina e capitais do Sul do Brasil para realizar shows e produzir novo DVD.


O Rock de Galpão é reconhecido por seu importante trabalho de resgate e recriação do cancioneiro tradicional do Sul do país, com uma profunda pesquisa de repertório e produção de arranjos contemporâneos para temas clássicos da música regionalista gaúcha.